Inteligência artificial

Veja como a IA pode melhorar os resultados de marketing e vendas

O uso da inteligência artificial (IA) é hoje uma obrigatoriedade estratégica para qualquer empresa que tenha como objetivo obter mais eficiência, novas oportunidades de receita e aumentar a fidelidade do cliente. Com a IA, a gestão de marketing e vendas se torna fonte de vantagem competitiva criando experiências de clientes personalizadas, atraentes e prevendo resultados comerciais para gerar mais lucratividade.
As empresas cada vez mais reconhecem a vantagem competitiva de aplicar os insights oferecidas pelos recursos de inteligência artificial em marketing aos objetivos comerciais. As recomendações direcionadas fornecidas pela IA ajudam as empresas a tomar decisões melhores com mais rapidez. Muitos dos recursos de inteligência artificial em vendas, por exemplo, podem reduzir os custos e os riscos, acelerar o tempo de lançamento no mercado e muito mais.
E como a IA acompanha todas as etapas da gestão de marketing e vendas? Desde a geração de leads a previsões em tempo real, a inteligência artificial em marketing e vendas transforma todos os processos, automatizando e gerando mais eficiência, com ações de vendas recomendadas, categorização inteligente de clientes e recomendações personalizadas de produtos, insights para tornar campanhas ou ações de etapas de funil de vendas e conteúdo ainda mais eficazes.

Da geração de leads à conversão

Os recursos de dispositivos móveis, mídias sociais, nuvem e big data incorporados aos recursos de inteligência artificial em marketing e em vendas, aliados às melhores práticas modernas, permitem qualificar melhor os leads, expandir seu fluxo e impulsionar as vendas. O uso da IA também permite usar as mídias sociais para gerar novos leads, monitorando as mídias sociais para identificar comportamentos, do comprador, as sugestões de compra e as solicitações de recomendações.
O objetivo é identificar leads melhores usando dados de várias fontes, incluindo mídia móvel e social, facilitando a qualificação, avaliação e revisão, seguindo o roteiro abaixo:
  • Identifique leads – Agregue leads em vários canais (mídias sociais, campanha, eventos etc.). Pesquise o comportamento e identifique os interesses de compra dos clientes em potencial.
  • Qualifique o lead – Avalie os leads e priorize. Classifique os leads após depurar. (Avalie o fit com o target desenhado)
  • Cultive e avalie o lead – Utilize o cultivo e a avaliação baseados em regras para identificar leads de alta qualidade. (Leve em conta número de interações, nível de interesse, fit com o produto.)
  • Envolva os clientes em potencial – Envolva os clientes em potencial organizando mensagens, produtos e serviços certos. Compartilhe conteúdo digital relevante ao longo do tempo para articular a solução e o posicionamento da marca e ajudá-los a obter uma compreensão mais profunda da sua oferta.
  • Atribua e aloque – Atribua leads cultivados às vendas ou ao canal usando alocação de território baseada em regras.
  • Analise o lead – Use os modelos de avaliação pré-configurados para analisar leads. Recicle os leads não qualificados para cultivá-los ainda mais.
  • Converta o lead – Aceite e converta leads qualificados em oportunidades.
  • Desenvolva o diálogo inicial – Desenvolva conversas individuais com compradores individuais mostrando sinais de compra. Colete as informações de contato.

Benefícios da inteligência artificial em marketing e em vendas

Embora a IA traga imagens de robôs parecidos com os homens de alto funcionamento que dominam o mundo, a IA não pretende substituir os seres humanos. Seu objetivo é melhorar significativamente as habilidades e contribuições humanas e isso faz dela um ativo de negócios muito valioso, principalmente na gestão de marketing e vendas, oferecendo a capacidade de:
Melhorar a segmentação – recursos de inteligência artificial em marketing ajudam os profissionais a aproveitar os modelos estatísticos para padronizar a segmentação, qualificar o envolvimento com maior precisão e identificar seus clientes mais valiosos.
Determinar objetivos em tempo real – ajuda a visualizar os dados de comportamento de todos os pontos de contato para criar segmentos sofisticados e altamente personalizados, proporcionando aos usuários interação personalizada em tempo real.
Otimizar a experiência – permite visualizar e analisar a atividade comportamental dos usuários com mapas de zonas de atividade para otimizar a experiência do site e recursos de análise digital.
Fornecer recomendações mais personalizadas – mecanismos de recomendação ajudam a aumentar a participação do cliente aproveitando os dados comportamentais, permitindo orientação contextualizada, individual e em larga escala. Também permite integrar produtos, conteúdos e outras recomendações personalizadas.
Comunicar-se com os clientes pelos chatbots – os chatbots usam o processamento de linguagem natural para entender os clientes e permitir que eles façam perguntas e obtenham informações. Esses chatbots, a partir de interações, aprendem ao longo do tempo para que possam agregar mais valor às interações com os clientes.
Analisar o ciclo de vida do cliente – com o uso de dados demográficos e transacionais é possível prever o quanto determinados clientes gastarão ao longo de seu relacionamento com uma empresa, ou o valor da vida útil do cliente, otimizando os preços com base no seu comportamento e preferências.
O uso da inteligência artificial em marketing e em vendas está melhorando o desempenho e a produtividade das empresas na gestão destas áreas, dando sentido aos dados em uma escala que nenhum ser humano jamais conseguiria. E essa habilidade se reverte em benefícios comerciais, melhor reputação da marca, fidelidade dos clientes, entre muitas outras vantagens.
mkt intelligenzia
intelligenzia-mkt@intelligenzia.com.br
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.